DUPLO HOMICÍDIO:Na zona rural de São Miguel do Guaporé

27/11/2017

Confusão gera assassinato de concunhado e no calor da confusão um familiar da vítima acerta assassino a longa distância que acaba morto com a própria arma do crime...

DUPLO HOMICDIO: Homem mata concunhado a tiros e acab sendo executado por outro familiar na zona rural de So Miguel do Guapor

Uma confusão entre família acabou em tragédia neste final de semana na zona rural do município de São Miguel do Guaporé, dois homens foram assassinados, o concunhado e no revide o assassino também foi morto por um familiar.

 

De acordo com as informações transcritas no BOP Nº 541 A, Valdete Gonçalves de 45 anos, mais conhecido como Valdete da Hilux Prata, residente da linha 94, armado com um revolver resolveu ir até a casa de familiares da esposa na linha 82 lado Sul, Km 02, procurar confusão. O caso aconteceu no domingo (26).

 

A Polícia Militar foi acionada e no local colheu informações com testemunha que afirmaram, que por volta das 16 horas, Valdete já havia comparecido no local onde o fato aconteceu e teria provocado os familiares, no momento só havia mulheres na residência, no ato, Valdete teria deixado um recado afirmando que sua esposa estava internada no hospital local. Sobre a revolta de Valdete, as testemunhas não soube dar explicações.

 

Já por volta das 20 horas, Valdete voltou novamente na residência e pediu água a uma pessoa da casa, e em ato continuo, Vitorio Batista de 60 anos interviu na conversa interpelando Valdete de que ele não poderia ficar tirando o sossego de sua família e que respeitasse a senhora sua sogra.

 

Não gostando das palavras e tom das palavras proferidas por Vitorio, Valdete sacou de um revólver e disparou contra o mesmo que é seu concunhado, que acabou avançando contra Valdete, momento que houve outro disparo contra Vitório que caiu ao solo já morto.

 

Vendo toda a situação, um homem que estava na residência por nome de Miguel de Oliveira que também pertence à família, correu para dentro da casa, pegou uma espingarda e atirou contra Valdete, o mesmo continuou a fuga correndo e acabou sendo alcançado por Miguel, neste momento ambos entraram em luta corporal, e Miguel usando a coronha e o cano da espingarda desferiu vários golpes contra a cabeça de Valdete, em seguida tomou o revólver que ele havia usado para matar Vitorio e descarregou a arma em seu peito.

 

A Perícia Criminal foi acionada e na cabeça de Valdete foi encontrado afundamento entre outros sinais de agressões e marca de tiros, mas não foi possível precisar de qual arma saiu os tiros.

 

A arma usada por Valdete para matar a primeira vítima e que em seguida serviu para seu próprio óbito não foi encontrado pela polícia somente um coldre aparentando ser de revólver, a coronha, um cano, uma bandoleira, um "papo" e uma capsula de bala deflagrada foram encontrados e recolhidos pela polícia.

 

A motocicleta NXR/BROS 150 de cor Preta pertencente a Valdete e um capacete e chave foram entregues na delegacia de Polícia Civil onde também foi registrada a ocorrência policial.

 

O suspeito Miguel de Oliveira não foi encontrado pela Polícia Civil, e segue foragido.

Fonte: Planeta Folha e São Miguel Noticia