Marinha Raupp pede unidade do IFRO para São Miguel durante visita do Ministro da Educação

16/05/2017
 Marinha Raupp pede unidade do IFRO para So Miguel durante visita do Ministro da Educao

 

 A deputada federal Marinha Raupp e o senador Valdir Raupp participaram na última sexta-feira, juntamente com o ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho, da inauguração da primeira etapa da nova sede do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia de Jaru.  Este é o nono campus do IFRO no Estado, sendo sua implantação iniciada em 2012, através do polo de educação à distância.

 

Marinha Raupp destacou a importância da visita do ministro, que anunciou durante a solenidade mais R$ 655 mil para a continuação da obra. Na oportunidade, a parlamentar reforçou ao ministro o pedido para a construção de uma unidade do IFRO no município de São Miguel do Guaporé, na região da BR 429.

 

"Precisamos olhar para os filhos do Vale do Guaporé, por exemplo. Nossos alunos de São Miguel e cidades próximas também merecem receber esse investimento", destacou Marinha. A parlamentar reforça que é preciso investir na formação do jovem no presente para garantir a integração e o desenvolvimento para o futuro. O Governo Federal, a cidade e o povo de Jaru estão de parabéns por mais essa conquista”, disse Marinha Raupp.

 

Além de inaugurar o bloco administrativo do campus avançado do IFRO, o ministro revelou que encomendou à sua equipe técnica que providencie para que o campus se torne definitivo. Pouco antes da solenidade, Marinha Raupp e Valdir Raupp, juntamente com o ministro participaram ainda da inauguração do complexo educacional Fimca/Unicentro, acompanhado de várias outras autoridades.

 

APOIO

 

Durante sua passagem por Brasília na última semana, o reitor do Instituto em Rondônia, Uberlando Tiburtino Leite solicitou apoio para melhorias nos vários campis do Estado. “A deputada e o senador têm sido muito parceiros e grandes incentivadores das ações do IFRO. Por isso viemos mais uma vez apresentar prioridades para o desenvolvimento de novos projetos”, ressaltou.

 

Autor / Fonte: ASCOM