Alemanha tem seis indicados à Bola de Ouro; Neymar é o único brasileiro

29/10/2014

A Fifa divulgou na madrugada desta terça-feira (28) os indicados ao prêmio de melhor jogador do mundo. Dentre os 23 selecionados, Neymar é o único brasileiro na disputa pela Bola de Ouro de 2014.

No ano passado, além de Neymar, o Brasil também foi representado pelo zagueiro Tiago Silva. O país, porém, nunca teve mais de três representantes na disputa.

O atacante Neymar  o nico brasileiro indicado ao prmio

O atacante Neymar é o único brasileiro indicado ao prêmio

A lista deste ano conta com seis jogadores da atual campeã do mundo Alemanha: Mario Götze, Toni Kroos, Philipp Lahm, Thomas Müller, Manuel Neuer e Bastian Schweinsteiger. Em 2010, a campeã Espanha teve sete escolhidos para o prêmio.

Além dos campeões mundiais, o português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi – que já venceram o prêmio – também concorrem. O sueco Ibrahimovic e Gareth Bale, de País de Gales, são os únicos indicados que não participaram do Mundial no Brasil.

A grande ausência entre os 23 é o uruguaio Luis Suárez. O atacante, que fez ótima temporada pelo Liverpool, com 31 gols em 33 jogos, ficou de fora após a mordida dada em Chiellini, da Itália, durante a Copa do Mundo. Ele foi suspenso e só voltou a atuar no último sábado (25).

Além dos jogadores, a Fifa também anunciou os técnicos que concorrem a melhor do mundo. O destaque é para Carlo Ancelotti, que levou o Real Madrid a conquistar a Liga dos Campeões na última temporada, e Joachim Löw, vencedor da Copa do Mundo com a Alemanha.

Os capitães e técnicos das seleções nacionais e representantes da mídia escolhidos pela Fifa terão direito a voto. Os três finalistas serão anunciados no dia 1 de dezembro, já o vencedor será conhecido no dia 12 de janeiro.

Confira os indicados:

Gareth Bale (País de Gales)
Karim Benzema (França)
Diego Costa (Espanha)
Thibaut Courtois (Belgica)
Cristiano Ronaldo (Portugal)
Angel Di Maria (Argentina)
Mario Götze (Alemanha)
Eden Hazard (Belgica)
Zlatan Ibrahimovic (Suécia)
Andres Iniesta (Espanha)
Toni Kroos (Alemanha)
Philipp Lahm (Alemanha)
Javier Mascherano (Argentina)
Lionel Messi (Argentina)
Thomas Müller (Alemanha)
Manuel Neuer (Alemanha)
Neymar (Brasil)
Paul Pogba (França)
Sergio Ramos (Espanha)
Arjen Robben (Holanda)
James Rodriguez (Colômbia)
Bastian Schweinsteiger (Alemanha)
Yaya Toure (Costa do Marfim)

 
Fonte: FolhaPress